Araraquara é cidade paulista com mais casos de dengue

Com 472 casos confirmados, município faz mutirões e até sorteia TVs para tentar conter avanço da doença

Brás Henrique, Agência Estado

02 de abril de 2008 | 18h18

Com 472 casos de dengue confirmados até agora, Araraquara, na região de Ribeirão Preto, é a cidade paulista com o maior número de casos neste ano. Desse total, 469 são autóctones, isto é, da própria cidade, e três importados de outras cidades. Existem ainda outros 83 casos suspeitos, aguardando os resultados de exames laboratoriais.   Dos casos registrados, 221 atingiram os homens e 261 as mulheres. Os casos em crianças até dez anos somam 15. Para tentar conter o avanço da doença no município, um mutirão começou no domingo, 30, e continua em vários bairros. A preocupação existe, pois as confirmações foram aumentando mês a mês: 110 casos em janeiro, 168 em fevereiro e 190 em março.   Acompanhe o avanço da dengue   "Esse é o maior surto de dengue da história de nossa cidade", disse a gerente da Vigilância Epidemiológica do município, Fabiana do Carmo Araújo. Ela informou que, antes, Araraquara teve 192 casos em 2001 e 303 em 2007. "E sabemos que esse número ainda vai subir", lamentou ela.   O município tem 110 funcionários de combate à dengue, que recebem o apoio de 40 pessoas da Superintendência do Controle de Endemias (Sucen). Para não perder o registro de nenhum caso da doença, a atendimento à dengue foi descentralizado nas 22 unidades de saúde e no Pronto-Socorro - antes só ocorria num posto da região central.   Entre domingo,30, e terça-feira, 01, o mutirão recolheu quase 100 toneladas de materiais que facilitariam a proliferação do mosquito Aedes aetypti, o transmissor de dengue e da febre amarela. A quantidade de entulho surpreendeu a Vigilância Epidemiológica local, já que em 2006, em seis dias, em três finais de semana, foram recolhidos quase 37 toneladas. Ou seja, em três dias neste ano foram recolhidos 170% materias a mais. Mas o serviço ainda deve continuar até esta quarta-feira, 2. Até entulhos de construção civil e móveis velhos foram colocados pela população nas calçadas para serem recolhidos. "Nos comprometemos a recolher o que fosse separado, então vamos levar tudo embora", informou Fabiana.   TV   No combate à dengue em Araraquara, a prefeitura faz uma campanha e sorteia TVs. Quinta-feira, 4, um morador será sorteado e a casa dele e dos dois vizinhos ao redor serão vistoriadas. Se em nenhuma existir criadouros do mosquito, os três recebem TVs. Se existir criadouro, ninguém ganha.

Tudo o que sabemos sobre:
epidemiadengueSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.