Asteróide é renomeado em homenagem a ator de Star Trek

Astrônomos alteram nome da rocha espacial para 7307 Takei por causa do capitão Sulu da série de ficção

Associated Press,

03 de outubro de 2007 | 17h43

O ator George Takei, conhecido por sua atuação como o capitão Hikaru Sulu na série televisiva Jornada nas Estrelas (Star Trek, em inglês), recebeu uma homenagem à altura do seu personagem: teve seu nome utilizado no batismo de um asteróide. A rocha, que antes era conhecida como 1994 GT9, desde terça-feira, 2, é chamada de 7307 Takei. "Agora sou um corpo celeste", disse, sorrindo, o ator de 70 anos. Localizado no cinturão de asteróides entre Marte e Jupiter, 7307 Takei foi descoberto por dois astrônomos japoneses em 1994. Além dele, algumas das principais rochas do cinturão receberam nomes que homenageiam figuras importantes da ficção científica - como o escritor russo Isaac Asimov e o criador de Jornada nas Estrelas, Gene Roddenberry. A mudança de nome do corpo celeste foi aprovada pela União Astronômica Internacional (IAU, na sigla em inglês). Cerca de 14 mil nomes de asteróides foram até hoje aprovados, e cerca de 165 mil asteróides foram identificados e numerados, informou o porta-voz da união, Lars Lindberg Christensen. A IAU possuiu uma política para "batismo" de asteróides. Quem descobre um destes corpos celestes tem um prazo de 10 anos para propor um nome. Após esse tempo, a união considera outras sugestões - desde que os nomes não tenham um "teor questionável" ou homenageiem figuras militares ou políticas que morreram há menos de um século. Ao contrário dos milhares de sites que vendem os direitos de batismo de estrelas, a IAU aprova os nomes que serão utilizados por astrônomos, disse Tom Burbine, professor de astronomia do Mount Holyoke College que propôs a mudança para 7307 Takei. "Este é o nome que será usado eternamente", afirmou. Burbine acrescentou que sugeriu o nome do ator em parte por seu trabalho junto a Liga Japonesa de Cidadãos Americanos e com o grupo de direitos aos homossexuais Human Rights Campaing.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.