AP
AP

Astronautas chineses entram pela primeira vez em módulo espacial

Tripulantes conseguiram entrar no centro de operações do módulo, onde realizarão experimentos científicos durante oito dias

Efe,

18 de junho de 2012 | 18h08

Três astronautas chineses, entre eles a primeira mulher chinesa a viajar ao espaço, conseguiram passar nesta segunda-feira, 18, com sucesso de sua nave ao módulo-laboratório espacial "Tiangong I", informou a agência oficial "Xinhua".

Horas depois de a nave "Shenzhou IX" se acoplar ao "Tiangong I", os astronautas conseguiram entrar no centro de operações do módulo, onde realizarão experimentos científicos durante oito dias, na missão espacial mais longa da história da China.

As imagens foram transmitidas ao vivo pela rede pública de televisão chinesa, a "CFTV", e mostravam aos primeiros hóspedes do módulo vestidos com trajes azuis e acenando para a câmera com uma bandeira chinesa ao fundo.

"A tripulação se sente muito bem!", declarou o astronauta Liu Wang nas imagens transmitidas pelo Centro de Controle de Aeroespaço de Pequim.

No "Tiangong I" (também chamado "Palácio do Paraíso"), os astronautas desenvolverão experimentos científicos e provas técnicas a fim de transformá-lo em uma estação espacial para o ano 2020, e também será seu local de descanso.

Um dos testes será desenganchar a nave do módulo e tentar um acoplamento manual, já que a anterior foi realizada por computadores.

Os astronautas ficarão, no total, dez dias no espaço, desde o lançamento, no sábado passado, da nave Shenzhou IX através de um foguete modificado.

Essa é a quarta viagem ao espaço de uma nave chinesa tripulada após as realizadas em 2003 e 2005 e um passeio espacial em 2008.

A principal novidade é a presença de uma mulher na equipe de astronautas, Liu Yang, de 33 anos, que já se transformou na primeira chinesa a ir ao espaço, integrando a lista das mais de 50 mulheres, de um total de sete países, que o fizeram até o momento.

A pioneira foi a soviética Valentina Tereshkova, em 1963, apenas dois anos após a histórica missão de Yuri Gagarin, o primeiro homem a viajar ao espaço, em 12 de abril de 1961.

Liu está acompanhada de Jing Haipeng e Liu Wang, também pilotos das forças armadas chinesas.

Segundo dados oficiais, no final de 2011 a China somava 20 foguetes e 25 satélites enviados ao espaço, ficando em segundo lugar em lançamentos, abaixo da Rússia. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.