Astrônomo amador mostra 'galáxia achatada' em prêmio do ESO

estadão.com.br,

02 Fevereiro 2011 | 12h00

 

SÃO PAULO - Essa imagem - realizada por um astrônomo amador que participou do prêmio Hidden Treasures do Observatório Europeu do Sul (ESO) - mostra a galáxia em espiral NGC 3621 a cerca de 22 milhões de anos-luz da Terra na constelação Hydra. Ela é uma galáxia relativamente grande e pode ser vista por telescópios de médio-porte.

 

Seu formato achatado "de panqueca", indica que ela ainda não se encontrou com outra galáxia. A maioria dos astrônomos acredita que as galáxias crescem se juntando com outras galáxias, em um processo chamado formação hierárquica de galáxias. Com o tempo, isso forma grandes protuberâncias no centro das espirais. Pesquisas recentes indicam, no entanto que, galáxias "puro-disco" ou sem protuberância são relativamente comuns.

Mais conteúdo sobre:
galáxia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.