Nasa/Divulgação
Nasa/Divulgação

Astrônomos pesquisam formação das estrelas

Equipe tem usado nova câmera, instalada no telescópio Hubble, para estudar o fenômeno

estadão.com.br,

17 Fevereiro 2011 | 16h37

A formação das estrelas é um dos processos mais importantes no Universo e desempenha um papel fundamental na evolução das galáxias. É durante esse processo que os sistemas planetários aparecem pela primeira vez.

 

Veja também:

link Imagens da Nasa mostram grande explosão solar

link Cosmonautas russos realizam experimentos na superfície da ISS

 

No entanto, há muitos aspectos dessa formação que os astrônomos ainda não compreendem. Como fazer as propriedades de berçários estrelares variarem de acordo com a composição e a densidade do gás presente, por exemplo? Este fenômeno, segundo os pesquisadores, desencadeia a formação de estrelas.

 

A força motriz da formação de estrelas é particularmente clara de um tipo de galáxia, um espiral floculante, tais como NGC 2841 (foto), que apresenta braços espirais curtos ao invés de membros galácticos proeminentes e bem definidos.

 

Para responder a essas questões sobre a formação das estrelas, uma equipe internacional de astrônomos está usando uma nova câmera, instalada no telescópio Hubble, da Nasa, para estudar os locais onde as estrelas estão se formando.

Mais conteúdo sobre:
Nasa Hubble

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.