EFE/EPA/JOEL CARRETT AUSTRALIA AND NEW ZEALAND OUT
EFE/EPA/JOEL CARRETT AUSTRALIA AND NEW ZEALAND OUT

Austrália confirma quinto caso de novo coronavírus no país

Vírus já matou 80 pessoas na China, onde as infecções começaram na cidade de Wuhan; país asiático tenta conter avanço

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2020 | 04h25

SYDNEY - A Austrália confirmou mais um caso do novo coronavírus, o que eleva para cinco o número de pessoas infectadas no país da Oceania. Na China, onde as infecções em humanos começaram, o número de mortos é de 80 e 2.744 infectados. O novo caso australiano é um estudante universitário de 21 anos, que não foi identificado e que viajou recentemente para Sydney em um voo direto da cidade chinesa de Wuhan, epicentro do surto de coronavírus, informaram as autoridades de saúde de Nova Gales do Sul.

Autoridades australianas relataram no domingo, 26, os quatro primeiros casos de pessoas infectadas com o coronavírus, dos quais pelo menos três eram homens que estavam em Wuhan, capital da província de Hubei. O governo australiano também está estudando um plano para repatriar cerca de 100 estudantes australianos que estão "presos" na cidade chinesa, que está praticamente isolada depois das ações ordenadas por Pequim para conter a doença.

Fora da China, no momento oito foram infectados na Tailândia (dos quais cinco já foram curados), cinco nos Estados Unidos e na Austrália e quatro em cada um dos seguintes países: Cingapura, Malásia, Taiwan, França e Japão (um curado). Três na Coreia do Sul, dois no Vietnã, um no Nepal e um no Canadá. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.