Austrália dá alta a seu primeiro e até agora único caso de gripe

Mulher contraiu a doença nos EUA mas já se estava recuperada quando voltou ao país

Efe,

11 Maio 2009 | 04h45

Austrália deu alta médica ao primeiro e até agora único caso positivo de gripe suína no país nesta segunda-feira, 11. Se trata de uma mulher de 28 anos que retornou na semana passada dos Estados Unidos.

 

A mulher contraiu a doença nos EUA mas já se estava recuperada quando voltou à Austrália e o vírus estava já muito fraco, por isso que não havia risco de contágio a outras pessoas, segundo as autoridades sanitárias australianas.

 

No entanto, ordenou que permanecesse sob quarentena em casa de seus pais como medida de precaução, enquanto nenhum dos passageiros que voaram junto a ela dos EUA apresentou sintomas da doença.

 

Por outro lado, outras 12 pessoas estão sob observação na Austrália ao apresentar sintomas similares ao da gripe suína, que matou 49 pessoas no México, EUA, Canadá e Costa Rica.

 

Na vizinha Nova Zelândia, as autoridades sanitárias informaram que o número de infectados confirmados continua em sete e outras 12 pessoas são suspeitas de ter contraído o vírus.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína Estados Unidos Austrália

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.