Austrália retira do mercado seis produtos com melamina

Nesta segunda-feira, alimentos retirados são um bolo da marca Orion e uma bebida de baunilha da Dali Iuan

Efe,

20 de outubro de 2008 | 04h19

As autoridades sanitárias da Austrália anunciaram nesta segunda-feira, 20, a retirada de dois novos produtos chineses do mercado por conter melamina. Ao todo, já são seis os alimentos afastados por esse mesmo motivo. Veja também:Distribuídas em Taiwan fermento chinês com melamina Um porta-voz do organismo para o controle sanitário disse que os últimos produtos retirados da venda são um bolo italiano da marca Orion e uma bebida com sabor de baunilha da marca Dali Iuan, ambos produtos produzidos na China. Uma análise realizada pelas autoridades australianas concluiu que o bolo continha 4,4 partes por milhão de melamina, enquanto a bebida continha 5,8 partes por milhão, quantidades acima da aceitada que é de 2,5 partes por milhão. Até o momento, as autoridades retiraram as balas White Rabbit que deram positivo nas análises de melamina em vários países, e achocolatados da empresa Cadbury Shwepps. Além disso, se proibiu a venda de um leite da marca Kirin e bolachas da firma Lotte, conhecidas como Koala Biscuits. A contaminação deliberada de leite em pó e derivados com o citado produto químico causou problemas renais a quase 53.000 crianças na China, das quais quatro morreram.

Tudo o que sabemos sobre:
alimentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.