Reuters
Reuters

Autoridades de saúde no PR alertam sobre vírus da gripe A

Número de casos cai no Estado; desde o início da pandemia, foram registrados 53 mil casos e 290 mortes

Agência Brasil,

12 Janeiro 2010 | 09h39

A Secretaria da Saúde do Paraná alerta a população que o vírus da influenza A (H1N1) - gripe suína continua circulando no estado e reforçam a importância de manter a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel, evitar tocar com as mãos os olhos, a boca e o nariz sem a devida higienização.

Veja também:

linkRedução da epidemia de H1N1 abre caminho para novos vírus

linkImunidade contra gripe H1N1 aumentou em alguns países, diz OMS

linkFábrica de vacinas de SP está parada

 

Apesar do verão, da redução do número de casos e das complicações decorrentes da doença terem diminuído, as autoridades da área de saúde orientam que todos sigam as mesmas medidas preventivas divulgadas durante o inverno.

 

Desde o início da pandemia de influenza A (H1N1) - gripe suína, o Paraná teve 53.578 casos confirmados por exame laboratorial e critérios clínicos. Desse total, 290 pacientes tiveram complicações e morreram.

 

Dados do último boletim da Secretaria Estadual de Saúde, divulgado nesta terça-feira, 12, mostram que 55% das mortes ocorreram em mulheres. Essa 81ª edição semanal mostra que Curitiba continua sendo o município com o maior número de casos confirmados: com 14.533 pacientes. Em seguida vem Londrina (7.642), Maringá (5.633), Cascavel (4.536), Cornélio Procópio (3.607), Pato Branco (3.443) e Francisco Beltrão (2.653).

Mais conteúdo sobre:
gripe a suina Paraná alerta

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.