Auxiliar de enfermagem depõe sobre bebê que teria recebido leite na veia

Profissional chegou à delegacia do Butantã com seu advogado; bebê morreu no último dia 7

Marcela Bourroul Gonsalves,

16 de novembro de 2011 | 17h39

 A auxiliar de enfermagem suspeita de envolvimento na morte de um bebê chegou ao 51º DP (Butantã) com seu advogado por volta das 14h30 desta quarta-feira, 16, para prestar depoimento.

O recém-nascido teria recebido leite via intravenosa no Hospital Municipal Maternidade Professor Mario Degni, no Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo. Ele morreu na última segunda-feira, 7.

A Secretaria Municipal de Saúde afirmou que a profissional foi demitida da unidade e a pasta instaurou inquérito administrativo para apurar os procedimentos adotados. O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren) também declarou que irá apurar os fatos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.