Bactérias podem 'cheirar' seu ambiente, mostra pesquisa

Cientistas demosntraram que organismo reage a amônia

16 de agosto de 2010 | 12h56

Uma pesquisa mostrou que bactérias - umas das formas de vida mais simples da Terra - possui certa habilidade de cheirar.

 

Cientistas da Universidade de Newcastle no Reino Unido demonstraram que um tipo de bactéria comumente achado no solo pode cheirar e reagir a amônia no ar.

 

Anteriormente, acreditava-se que esse "olfato" era limitado a formas de vida mais complexas conhecidas como eucariontes.

 

O achado, publicado no Biotechnology Journal, significa que bactérias possuem quatro ou cinco sentidos semelhantes aos vivenciados por humanos.

 

A descoberta também tem implicações no entendimento e controle de biofilmes - as camadas químicas que as bactérias podem formar em, por exemplo, implantes médicos.

 

As bactérias já demonstraram sua habilidade sua habilidade em reagir à luz, em uma analogia com a visão, e de mudar genes quando confrontadas com certos materiais, em analogia com o tato.

Tudo o que sabemos sobre:
BactériaCheiroPesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.