Bairro foi pulverizado após infecção por Aedes

A Secretaria de Saúde de Tanabi, no noroeste paulista, pulverizou uma área de nove quadras no bairro onde mora uma das três pessoas do País contaminadas no exterior pelo vírus causador da febre chikungunya, transmitido pelo Aedes aegypti, o mosquito da dengue, A mulher, de 25 anos, retornou à cidade no dia 30, um dia após ter sido examinada em São Paulo.

10 Dezembro 2010 | 08h38

 

Veja também:

link Mulher de Tanabi-SP é contaminada pelo Chikungunya

link Governo alerta sobre risco de nova doença no País, a chikungunya

 

Ela foi picada na Índia, de onde voltou recentemente com os sintomas da doença: febre e fortes dores nas articulações. Os outros dois pacientes que pegaram a febre moram nas capitais de São Paulo e do Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.