Sergio Moraes/Reuters
Sergio Moraes/Reuters

Baleias jubarte compartilham mesmos tons musicais

Certo tom no canto dos animais, usado para o acasalamento, pode ser passado adiante e virar 'hit' entre baleias de grupos diferentes

estadão.com.br,

14 Abril 2011 | 15h13

SÃO PAULO - Se você acha que o ser humano é o único capaz de produzir hits, pense de novo. Um estudo feito com baleias jubarte mostrou que elas mudam o tom das suas canções de tempos em tempos de acordo com o que está na "moda".

Veja também:

somÁudio 1: baleia jubarte

som Áudio 2: baleia jubarte

E as baleias macho tem uma grande facilidade em aprender os novos tons usados para atrair as fêmeas. De acordo com o estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Queensland em parceria com o Consórcio de Pesquisa de Baleias do Pacífico Sul, e publicado na revista Current Biology, as músicas se movem como "ondulações culturais de uma população para outra, fazendo os machos mudarem suas músicas para a nova versão". Normalmente, grupos diferentes de jubarte têm tons diferentes no canto, mas a pesquisa mostrou que o canto de um certo grupo pode ser passado adiante.

Os pesquisadores acreditam que a troca de informações sobre o tom das músicas ocorre quando alguns animais mudam de grupos ou quando baleias de grupos diferentes nadam próximas em época de migração. Na maioria das vezes, as músicas apresentam características de um canto anterior com algumas novidades incluídas.

Os pesquisadores ainda não conseguiram compreender a razão das músicas se espalharem desta forma, no entanto, acredita-se que os sons são usados, geralmente, para atrair as fêmeas e manter outros machos longe dela.

Mais conteúdo sobre:
baleia jubarte canto pesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.