Dida Sampaio/ Estadão
Dida Sampaio/ Estadão

Bancários e indígenas se unem em campanha solidária de combate à covid-19

Objetivo da campanha é captar R$ 250 mil reais para que uma Unidade Avançada de Saúde possa ser instalada próxima às aldeias xavante, onde duas vidas são perdidas a cada dia para o coronavírus

André Borges, Brasília

24 de junho de 2020 | 17h10

BRASÍLIA – O avanço do coronavírus sobre os povos indígenas, uma das parcelas mais frágeis no combate à pandemia, levou bancários e índios da etnia xavante a se unirem em uma campanha solidária para arrecadar fundos que serão usados no combate à covid-19.

Com o objetivo de prestar ajuda emergencial, a Federação dos Bancários do Centro-Norte (Fetec-CUT), a Federação dos Povos Indígenas do Mato Grosso (Fepoimt) e Conselho Distrital de Saúde Indígena Xavante (Condisi Xavante) lançam nesta quarta-feira, 24, a campanha A'uwe tsari – SOS Xavante. A arrecadação de doações será feita por meio das redes sociais, no link.

A iniciativa conta com o apoio dos Expedicionários da Saúde, da Operação Amazônia Nativa (Opan), do The Nature Conservancy Brasil e da Revista Xapuri.

O objetivo da campanha é captar R$ 250 mil reais para que uma Unidade Avançada de Saúde possa ser instalada próxima às aldeias xavante, onde duas vidas são perdidas a cada dia para o coronavírus. Até o momento, segundo os organizadores, há relatos de mortes e de pessoas enfermas em grande parte das mais de 300 aldeias da etnia xavante.

Por seu caráter emergencial, a campanha terá uma duração de 60 dias, a contar da data de seu lançamento. Os recursos captados serão repassados ao final de cada quinzena, conforme o pactuado entre as entidades parceiras, com prestação pública de contas mediante a emissão de relatórios financeiros quinzenais.

Segundo a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), até ontem havia 7.753 casos confirmados de contaminação em 111 povos, com 347 mortos oficialmente confirmados. Os 22 mil xavante que habitam, sobretudo, o Mato Grosso, estão entre os povos originários mais expostos e fragilizados. O nome A'uwe tsari significa “ajude o povo Xavante“, ou simplesmente SOS Xavante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.