Barretos retira outdoor que ligava dengue à seleção argentina de futebol

Criador da campanha disse que se desculpou com país e que divulgação já terminaria nesta 6ª

Efe

28 Janeiro 2011 | 18h16

 

RIO DE JANEIRO - A cidade de Barretos (SP) decidiu retirar o outdoor da campanha contra a dengue em que aparece o mosquito transmissor da doença vestindo uma camiseta da seleção argentina.

Os outdoors, localizados em quatro pontos diferentes do município, ilustravam, no canto direito, um jogador com a camiseta da seleção brasileira chutando uma bola contra o mosquito Aedes aegypti, no canto esquerdo, que vestia a camiseta argentina.

"Nossa intenção era chamar a atenção da população e não queríamos, de nenhuma maneira, ofender alguém", disse o criador da campanha e diretor de comunicação de Barretos, Marcelo Murta, citado pelo jornal O Globo.

Por outro lado, Murta negou que a retirada dos outdoors aconteceu depois de queixas de autoridades argentinas, com as quais já se desculpou, e acrescentou que já estava previsto que a divulgação terminasse em 15 dias, prazo que se encerra nesta sexta-feira, 28.

Na última quarta o ministro da Saúde argentino, Juan Manzur, assegurou que a publicidade lançada em Barretos era "uma situação que não condiz com a realidade", e anunciou que queria falar "com os colegas e as autoridades de Saúde do Brasil".

Com a frase "Vamos vencer este jogo", o anúncio encoraja a população a combater a doença, que em 2010 atingiu 700 mil brasileiros e causou mais de 600 mortes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.