Bebê britânico de cinco semanas recebe transplante de coração

Criança recebeu coração de doador da Alemanha e já tem quase um ano de idade.

BBC Brasil, BBC

29 de novembro de 2007 | 16h55

Um bebê de cinco semanas é um dos mais jovens pacientes a receber um transplante de coração na Grã-Bretanha.Andrew McAskie sofreu um ataque cardíaco no dia que nasceu e foi mantido vivo com ajuda de equipamentos até que um doador fosse encontrado, cinco semanas depois. O transplante foi feito no Hospital Freeman, na cidade inglesa de Newcastle.O doador é de uma família da Alemanha. O transplante aconteceu no começo deste ano."Quando olho para ele (Andrew) e penso que o coração de outra pessoa está lá, mantendo-o vivo, é incrível. Pensamos na família do doador todos os dias e rezamos para que eles encontrem algum consolo", disse Sarah McAskie, mãe de Andrew.O cardiologista pediátrico da equipe responsável pelo transplante, Richard Kirk, afirmou que Andrew, agora já com quase um ano de idade, está se recuperando muito bem."Estamos absolutamente satisfeitos com Andrew e ele já está em casa com os pais há vários meses. Sem o transplante, Andrew não teria saído do hospital. Ele teria morrido depois de algumas semanas", disse.Andrew é um dos mais jovens transplantados da Grã-Bretanha e o mais jovem paciente a receber um coração no Hospital Freeman.Mas o bebê precisará tomar medicamentos imunossupressores, para evitar a rejeição ao órgão. E, dentro de 12 anos, ele poderá precisar de outro transplante.Andrew nasceu no dia 30 de dezembro de 2006 e, aparentemente, era saudável. Mas, no mesmo dia, os médicos descobriram que seu coração não bombeava o sangue normalmente.Nos dias que se seguiram o coração do bebê sofreu duas paradas, ele sofreu um derrame e falência renal e cardíaca.Depois que o coração do doador ficou disponível, os médicos tiveram apenas quatro horas para transportar o órgão até Newcastle e realizar a operação.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.