Reuters
Reuters

Beyoncé dá nome a nova espécie de mosca australiana

Tom dourado do inseto levou cientistas a homenagear diva pop; pesquisadores ressaltam lado divertido da taxionomia

Efe,

13 de janeiro de 2012 | 08h20

Uma rara mosca australiana foi batizada em homenagem à diva do pop Beyoncé pela semelhança do tom dourado do inseto com a roupa usada pela cantora no videoclipe "Bootylicious" - ainda com o grupo Destiny's Child -, informaram fontes científicas nesta sexta-feira.

Esta cor brilhante faz com que a Scaptia (Plinthina) beyoncea se torne "a diva das moscas de todos os tempos", disse Bryan Lessard, entomologista da Organização para a Pesquisa Industrial e Científica da Austrália (CSIRO).

O cientista também explicou que batizar a mosca desta forma dá a oportunidade de demonstrar "o lado divertido da taxionomia", segundo um comunicado da CSIRO.

A mosca foi encontrada em uma área no oeste de Cairns, no nordeste australiano, em 1981, ano em que Beyoncé nasceu.

A maioria das moscas da espécie Scaptia foi descrita anteriormente, mas cinco novas espécies do subgrupo plinthina, à qual pertence a beyonceae, haviam sido guardadas em coleções australianas desde a década de 1970.

A organização de pesquisa indicou que vem tentando contato com Beyoncé para que a cantora tenha conhecimento da homenagem, mas ainda não recebeu uma resposta.

Não é a primeira vez que um inseto é batizado em referência a um artista, já que o cantor canadense Neil Young e a banda Ramones, entre outros, tiveram essa honra, lembrou a emissora local "ABC".

 

Tudo o que sabemos sobre:
Beyoncémosca australianataxonomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.