Reuters
Reuters

Bill Gates desenvolve novo reator nuclear com chineses

Bilionário norte-americano estima investimento de US$ 1 bilhão na pesquisa nos próximos cinco anos

AP

07 de dezembro de 2011 | 10h49

PEQUIM - Bill Gates, co-fundador da Microsoft, afirmou que está participando de discussões com o governo chinês para o desenvolvimento conjunto de um novo tipo de reator nuclear. 

 

Durante seu discurso no Ministério de Ciência e Tecnologia da China o bilionário norte-americano disse: "A ideia é que [o reator] seja muito barato, muito seguro e gere pouco resíduo."

 

Gates financia a empresa de Washington TerraPower, que está trabalhando em um reator nuclear que possa gerar energia apenar a partir do urânio não-enriquecido. 

 

Ele afirma que a TerraPower já teve "discussões muito boas" com a Coorporação Nuclear Nacional do governo chinês. 

 

O co-fundador da Microsoft estima que investimento de cerca de US$ 1 bilhão nessa pesquisa nos próximos cinco anos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.