Arie Inbar/Divulgação
Arie Inbar/Divulgação

Bom humor pode afetar memória, aponta estudo

Participantes foram divididos em dois grupos para assistir a vídeo técnico e de comédia

estadão.com.br,

01 Abril 2011 | 15h31

SÃO PAULO - Grande parte das pessoas tem problemas em se lembrar de algo que recém escutaram. Agora, uma pesquisadora da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, descobriu que a falta de memória pode ter a ver com "estar de bom humor". O estudo conduzido por Elizabeth Martin mostra que o estado de bom humor pode diminuir a capacidade de memorizar coisas.

 

Os pesquisadores analisaram o humor dos participantes antes e depois da exibição de um vídeo. A um grupo de voluntários foi mostrada uma apresentação de comédia, enquanto os outros assistiam a um vídeo de instruções sobre como instalar revestimentos. Após a exibição, aqueles que assistiram à comédia estavam significantemente mais bem humorados - o segundo grupo não apresentava grandes variações no humor.

 

Ambos os grupos foram, então, submetidos a um teste de memória. Usando fones de ouvido, cada um escutava uma média de quatro números por segundo. Depois, os participantes eram perguntados sobre os últimos números que tinham ouvido. Aqueles que assistiram à comédia tiveram um desempenho bem pior do que os outros na tarefa de memorização.

 

Apesar dos resultados, Martin afirma que estar de bom humor não é ruim. "O bom humor aumenta a capacidade de resolver problemas e outros aspectos do pensamento", ressalta. A pesquisadora acrescentou ainda que novos estudos serão feitos para analisar o impacto do humor sobre a capacidade de memorização em outros contextos, como em uma sala de aula, por exemplo.

 

(Texto atualizado às 17h38 para correção)

Mais conteúdo sobre:
memória

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.