Bragança Paulista confirma primeira morte por gripe suína

Com o óbito, já são 53 mortes causadas pela influenza A no estado de São Paulo

Fabiana Marchezi, Central de Notícias ,

05 Agosto 2009 | 14h53

A Secretaria Municipal da Saúde de Bragança Paulista, no interior de São Paulo, confirmou nesta quarta-feira, 5, a primeira morte decorrente da influenza A (H1N1), a gripe suína, na cidade. Com este óbito, já são 53 mortes causadas pela influenza A, também conhecida como gripe suína.

 

De acordo com a secretaria de Bragança Paulista, trata-se de um homem de 36 anos que morreu na terça, 4. Ele não tinha doenças preexistentes e ficou internado por uma semana. A enfermidade foi constatada pelo laboratório Adolfo Lutz, em São Paulo.

 

Campinas

 

Também no interior paulista, em Campinas, uma mulher de 32 anos que morreu dia 30 de julho em decorrência da influenza A, logo após receber atendimento em um hospital público. Ela apresentava outras doenças que comprometiam seu sistema imunológico. A doença foi constatada pelo laboratório Adolfo Lutz, em São Paulo. Também nesta quarta, foram confirmados outros 11 casos e um surto em um serviço de saúde, com cinco casos.

 

Veja também:

 

link Campinas adia novamente retorno às aulas por conta da gripe

 

Com os novos casos, chega a 114 o número de casos detectados da doença na cidade de Campinas. Destes, três são referentes a um surto em uma creche e cinco são do surto do serviço de saúde confirmado nesta quarta. Ainda estão sob investigação outros cinco óbitos suspeitos de Doença Respiratória Aguda Grave (SRAG) e outros seis surtos.

Dos 114 casos registrados na cidade, 104 foram confirmados por exames laboratoriais e dez por critério

clínico-epidemiológico. A análise epidemiológica realizada até o momento indica que a faixa etária mais acometida tanto pelo vírus influenza A quanto pelo vírus da gripe sazonal é a de 20 a 49 anos (75 casos, o que equivale a 65%). Do total de casos, 47 são em homens (42%) e 62 em mulheres (58%). Cinco casos ainda estão sendo analisados quanto ao sexo e faixa etária.

 

Guaratinguetá

 

Na cidade do Vale do Paraíba, um menino de 7 anos morreu devido à gripe suína. Ele morreu no dia 27 de julho. Outros três casos foram confirmados na cidade. Todos os pacientes concluíram o tratamento e passam bem.

 

Outros dois casos estão sob investigação e 32 já foram descartados para a doença - três por exames laboratoriais e 29 por diagnóstico de outra doença, durante monitoramento domiciliar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.