Brasil chega a 60 mortes confirmadas por gripe suína

Novas mortes foram registradas nos Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul nesta quarta-feira

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

29 Julho 2009 | 18h04

 A Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul confirmou nesta quarta-feira, 29, mais duas mortes causadas pela gripe suína. As vítimas são uma mulher, de 28 anos, portadora de Síndrome de Down, e um homem de 42 anos, auxiliar de escritório, que não apresentavam nenhuma outra doença que comprometesse o sistema imunológico. Ambos eram moradores de Passo Fundo e os óbitos ocorreram no dia 22 deste mês, no Hospital São Vicente de Paulo. Com esses casos, sobe para 60 o número de vítimas fatais no Brasil.

Mais cedo, as prefeituras das cidades paulistas de Campinas e São Caetano do Sul haviam informado uma morte em cada cidade. A vítima de São Caetano, na primeira morte causada pela doença no município, tinha 38 anos e ainda não se sabe se ele viajou ao exterior. Já Campinas teve sua segunda morte decorrente da Influenza A (H1N1). A vítima era uma mulher de 48 anos que estava internada desde quarta-feira da semana passada e morreu cinco dias depois.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.