Brasil compra 40 milhões de doses da vacina contra a gripe A

Setores da população que receberão essas vacinas não foram definidos; investimento chega a US$ 257,2 milhões

Efe,

17 de novembro de 2009 | 10h12

O Governo federal comprou um lote de 40 milhões de doses da vacina contra a gripe A que serão entregues no primeiro semestre do ano que vem, informou nesta terça-feira, 17, o Ministério da Saúde. As vacinas foram compradas do laboratório Glaxo Smithkline (GSK) do Canadá a US$ 6,43 por dose, preço inferior ao valor de referência do Fundo Rotatório da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), que é de US$ 7, diz o Ministério em comunicado.

 

Veja também:

linkMais de 6 mil já morrem com gripe suína, informa OMS

linkArgentina começará a produzir vacina contra a gripe A

 

Os setores da população que receberão essas vacinas não foram definidos pelas autoridades, segundo as quais o investimento total chega a US$ 257,2 milhões. O Governo informou que o laboratório não entregará as vacinas imediatamente devido à elevada demanda do produto no mercado internacional.

 

O diretor de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, Eduardo Hage, diz no comunicado que a produção da vacina contra o vírus da gripe A (H1N1) "tem sido mais lenta do que o esperado e a demanda mundial pela vacina é muito maior do que a oferta".

 

Além deste lote, o Ministério da Saúde comprará outras vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, de São Paulo, único fabricante na América Latina, e abrirá uma licitação internacional por meio do Fundo Rotatório da OPAS para adquirir mais doses.

Tudo o que sabemos sobre:
vacinagripe A

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.