Brasil registra 70 mil novos casos de tuberculose no ano passado

Frequência da doença é maior em pessoas com idades entre 25 e 34 anos

AE, Agência Estado

25 de março de 2013 | 16h17

Dados divulgados nesta segunda-feira (25) pelo Ministério da Saúde apontam que o País registrou 70.047 casos novos de tuberculose no ano passado, número 9,6% menor do que em 2002 - com 77.496. Em 2012, a taxa de incidência da doença foi de 36,1/100 mil habitantes, enquanto em 2002 era de 44,4/100 - o que representa uma queda de 18,6% no período. Em 2010, o número aproximado de óbitos foi de 4,6 mil e a taxa de mortalidade em 2,4/100 habitantes, informou o órgão, em comunicado. Foi celebrado no domingo (25) o Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose.

Aproximadamente 66% dos casos de tuberculose notificados em 2012 são do sexo masculino, diz o governo. A frequência é maior entre 25 e 34 anos, em ambos os sexos. Quanto à escolaridade, 58,2% dos casos novos tinha até oito anos de estudo. "São mais vulneráveis à doença as populações indígenas, presidiários, moradores de rua - estes devido à dificuldade de acesso aos serviços de saúde e às condições específicas de vida -; além das pessoas vivendo com o HIV", informa o ministério.

O Brasil ocupa atualmente o 17º lugar num ranking de 22 nações consideradas ''de alta carga'' (onde há grande circulação da doença). No País, a tuberculose representa a 4ª causa de morte por doenças infecciosas e a primeira causa de morte por doença identificada entre pessoas com HIV.

O governo vai colocar na rede pública um novo teste para detecção de tuberculose com resultados em até 90 minutos. Até o fim deste ano, o exame poderá ser feito em 30 municípios, que concentram 60% dos casos da doença registrados em todo o País. Para isso, o Ministério da Saúde vai investir R$ 12,6 milhões. Com informações da Agência Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
tuberculose

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.