Taba Benedicto/Estadão
Taba Benedicto/Estadão

Brasil registra média de 1.562 mortes diárias por covid-19

Taxa está em redução, mas ainda é o dobro da calculada no início de janeiro; País chega a 524.475 vítimas do coronavírus

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de julho de 2021 | 20h02

O Brasil chegou a 524.475 óbitos e 18.766.280 casos confirmados por covid-19 neste domingo, 4. A média móvel (calculada com dados dos últimos sete dias) é de 1.562 mortes diariamente.

Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL, em parceria com as secretarias de Saúde estaduais e do Distrito Federal, em balanço divulgado às 20 horas. 

A média móvel de mortes está em redução pelo segundo domingo seguido, sendo a menor para este dia da semana desde 7 de março, quando a taxa era de 1.497 óbitos diários. Ela é, contudo, o dobro do calculado no início de janeiro (698) e nos últimos três meses de 2020.

Em 24 horas, foram registradas 776 novas vítimas do coronavírus e 25.794 testes positivos da doença — número que costuma cair aos domingos desde o início da pandemia, por causa do represamento de testes no fim de semana. A maior parte dos novos óbitos foi registrada em Minas Gerais (196), em São Paulo (156) e no Paraná (93).

Neste domingo, o Estado de São Paulo chegou a 3.785.859 casos e 129.609 óbitos por coronavírus. Ao todo, 18.309 pacientes estão internados com o quadro da doença, os quais 9.125 estão em UTI e 9.184 em enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva é de 72,9%.

O País tem ao menos 76.377.088 pessoas que receberam a primeira dose das vacinas contra a doença, enquanto outras 27.077.167 tomaram as duas doses ou receberam o imunizante da Janssen (de dose única). Em 24 horas, ao menos 267.557 vacinas foram aplicadas, de acordo com dados de 23 unidades federativas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.