WILTON JUNIOR / ESTADÃO - 24/08/2021
WILTON JUNIOR / ESTADÃO - 24/08/2021

Brasil tem 141,6 milhões de pessoas totalmente imunizadas contra a covid-19

Número de habitantes que receberam as duas doses ou aplicação única representa 66,39% da população total

Igor Soares, O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2021 | 20h48

O Brasil tem 141,6 milhões de pessoas totalmente imunizadas contra a covid, ou 66,39% da população. É o que aponta o levantamento do consórcio de veículos de imprensa, em parceria com 27 secretarias de Saúde.

Em relação ao número de pessoas parcialmente imunizadas, com ao menos uma dose da vacina, são 160,4 milhões de residentes, o que equivale a 75,24% do total de habitantes do País.

Com dados afetados pelo ataque hacker ao Ministério da Saúde, os números podem não refletir a realidade. Os Estados do Amapá, Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro estão sem dados do avanço da vacinação. Mato Grosso e Alagoas não atualizaram vacinas, assim como Tocantins e Goiás, Acre, Paraíba. A Bahia segue sem atualização desde o dia 10 de dezembro. Já Rondônia e Roraima estão com dados da vacinação fora do ar. 

Nas últimas 24 horas, houve 666,1 mil aplicações. As primeiras doses foram aplicadas em 55,1 mil pessoas, enquanto 217,3 receberam a 2ª aplicação da vacina. 

O registro de dose única ficou em 1.257. Já as aplicações de reforço foram administradas em 392,3 mil habitantes, com total de 23,1 milhões de doses aplicadas. 

Na manhã desta segunda-feira, o Ministério da Saúde publicou uma nota técnica determinando a redução do intervalo da 3ª dose para quatro meses após a aplicação anterior. Além disso, o documento estabelece a 4ª dose para imunossuprimidos. 

Tudo o que sabemos sobre:
coronavíruscoronavírus [vacina]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.