Miguel Medina/AFP
Miguel Medina/AFP

Brasil tem 143,8 milhões de pessoas totalmente imunizadas contra a covid-19

Número de habitantes que receberam as duas doses ou aplicação única representa 67,42% da população total

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2022 | 20h41

Nesta quarta-feira, 5, o Brasil chegou a 143,8 milhões de pessoas totalmente imunizadas contra a covid, ou 67,42% da população. Os dados são do levantamento diário do consórcio de veículos de imprensa, em parceria com 27 secretarias de Saúde.

Em relação ao número de pessoas parcialmente imunizadas, com ao menos uma dose da vacina, são 161,5 milhões de residentes, o que equivale a 75,71% do total de habitantes do País.

Com dados ainda afetados pelo ataque hacker ao Ministério da Saúde, os números podem ser imprecisos. Os Estados do Amapá, Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro estão sem dados do avanço da vacinação. Mato Grosso e Alagoas não atualizaram vacinas, assim como Acre, Goiás, Paraíba, Rondônia e Roraima. 

Nas últimas 24 horas, houve 725,1 mil aplicações. As primeiras doses foram aplicadas em 41,9 mil pessoas, enquanto pouco mais de 100 mil receberam a 2ª aplicação da vacina. 

O registro de dose única ficou em 2.771. Já as aplicações de reforço foram administradas em 580,2 mil habitantes, com total de 27,9 milhões de doses aplicadas. 

A secretaria de Saúde de Goiás informou que os dados são preliminares e coletados no Localiza SUS, do Ministério da Saúde. As secretarias do Paraná e do Rio disseram que ainda enfrentam dificuldade para extrair informações da vacinação por conta da instabilidade nos sistemas da pasta federal. 

Tudo o que sabemos sobre:
vacinavacinaçãocoronavírusepidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.