Brasil tem 38 casos suspeitos; jovem no RJ não tem alta

Total de infecções confirmadas pelo novo vírus H1N1 continua em oito; 34 casos deram negativo nos exames

da Redação,

14 Maio 2009 | 13h55

O Ministério da Saúde informa, em nota, que estão sendo acompanhados 38 casos suspeitos de Influenza A (H1N1), a gripe suína, no País. As amostras com secreções respiratórias desses pacientes estão em análise laboratorial. O total de infecções pelo vírus confirmadas no Brasil continua em oito.

 

Os casos suspeitos estão nos Estados de Minas Gerais (7), Rio de Janeiro, (7), Distrito Federal (5), Pernambuco (5), São Paulo (5), Alagoas (2), Goiás (2), Ceará (1), Pará (1), Piauí (1), Rio Grande do Sul (1) e Rondônia (1).

 

Além desses, diz o ministério, há 24 casos em monitoramento, em sete Estados e no Distrito Federal. E 217 foram descartados.

 

Os oito casos confirmados deram-se nos Estados do Rio de Janeiro (3), São Paulo (2), Minas Gerais (1), Rio Grande do Sul (1) e Santa Catarina (1). O ministério diz que estão sendo realizados busca ativa e monitoramento de todas as pessoas que estabeleceram contato próximo com esses pacientes.

 

Na quarta-feira, 13, foram descartados 34 casos que tiveram exames laboratoriais com resultado negativo.

 

Rio

 

O homem de 29 anos que contraiu a gripe de um amigo, de 21 anos, que esteve em Cancún, no México, não receberá alta nesta quinta-feira, 14, de acordo com informações divulgadas pelo Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, na Ilha do Governador, no subúrbio do Rio.

 

Segundo explicou a médica Regina Barbosa Moreira, chefe do Serviço de Doenças Infecciosas e Parasitárias, através da assessoria do hospital, houve um erro na contagem do período de 10 dias necessários para completar o ciclo de vida do vírus.

 

O paciente, que continua internado, passa bem, assim como sua mãe, de 52 anos, internada com os sintomas no último dia 9. Eles não têm febre. Os pacientes aguardam em regime de isolamento até o término do período de risco de contágio. 

 

Outro caso suspeito no Rio é o de um paciente de 24 anos de idade, do sexo masculino, que retornou de viagem aos Estados Unidos. Ele não tem febre há 24 horas, e aguarda resultado do Laboratório de Viroses Respiratórias da Fiocruz para confirmar ou descartar infecção pelo vírus H1N1. 

(com Solange Spigliatti, da Central de Notícias)

Mais conteúdo sobre:
gripe suína influenza A(H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.