RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS
RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS

Brasil tem 72,24% da população vacinada com duas doses ou dose única contra covid-19

Aqueles que receberam ao menos uma dose equivalem a 80,36% do total; País registrou a aplicação de 161,3 mil novas doses de vacinas contra o coronavírus nas últimas 24 horas

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de março de 2022 | 20h37

A quantidade de pessoas que receberam duas doses ou dose única de vacinas contra covid-19 chegou nesta terça-feira, 1º, a 155.194.905, o que corresponde a 72,24% da população. Já com ao menos uma dose, agora são 172.634.853 habitantes do País, o equivalente a 80,36% do total.

O Brasil registrou a aplicação de 161,3 mil novas doses de vacinas contra o coronavírus nas últimas 24 horas, conforme dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa junto a secretarias de 26 Estados e Distrito Federal. 

Foram administradas 28.817 primeiras doses, 30.347 segundas doses e 106.238 doses adicionais. O número de doses únicas aparece como -4.120 por conta do processo de revisão de dados em alguns Estados.

Ao todo, 64,5 milhões de pessoas já foram vacinadas com doses de reforço. Podem tomar a terceira dose pessoas que receberam a segunda dose há ao menos quatro meses. As quartas doses, por sua vez, são indicadas pelo Ministério da Saúde apenas para pessoas imunossuprimidas, com 12 anos ou mais, que também já foram vacinadas com a última aplicação há mais de quatro meses.

Segundo os dados reunidos pelo consórcio, 8,9 milhões de crianças de 5 a 11 anos (ou 43,57% do total) já tomaram a primeira dose da vacina contra a covid-19. 

Em termos proporcionais, São Paulo é o Estado que mais vacinou a população: com ao menos a primeira dose, são 88,12% dos habitantes. Já 81,05% receberam duas doses ou dose única da vacina anticovid.

Tudo o que sabemos sobre:
coronavírusvacinavacinação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.