Agência Fapesp
Agência Fapesp

Brasileiros são nomeados para maior órgão científico na área de computação

Professores da USP farão parte do catálogo de palestrantes renomados da Association for Computing Machinery (ACM), que promove o avanço da computação como ciência e profissão

Agência Fapesp,

28 Setembro 2012 | 15h43

A Sociedade Brasileira de Computação (SBC) nomeou Jaime Simão Sichman, diretor do Centro de Computação Eletrônica (CCE), e José Carlos Maldonado, diretor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), ambos da Universidade de São Paulo (USP), para constarem no catálogo de Distinguished Speakers da Association for Computing Machinery (ACM).

 

Maior sociedade científica e educacional na área de computação no mundo, a ACM tem como objetivo promover o avanço da computação como ciência e como profissão.

 

De modo a atingir esse objetivo, a entidade tem uma biblioteca digital, publica periódicos, organiza conferências e disponibiliza a seus membros publicações e recursos para a pesquisa e o desenvolvimento de carreiras em computação.

 

Um dos programas da instituição, o "ACM’s Distinguished Speakers", mantém um catálogo internacional de palestrantes renomados que podem ser solicitados para proferir conferências em qualquer parte do mundo, com custos parcialmente cobertos pela ACM.

 

Sichman é professor associado do Departamento de Engenharia de Computação e Sistemas Digitais (PCS) da Escola Politécnica (Poli) da USP. Atua também como orientador no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação do Instituto de Matemática e Estatística (IME) e já realizou diversos projetos com apoio da FAPESP.

 

Membro da Coordenação de Área - Ciência e Engenharia da Computação da FAPESP -, Maldonado é professor do ICMC da USP, onde desenvolve pesquisas nos grupos de Engenharia de Software e no Laboratório de Computação Aplicada à Educação e Tecnologia Social Avançada.

 

Mais informações: www5.usp.br/17322/sociedade-brasileira-de-computacao-nomeia-professores-da-usp-para-sociedade-cientifica-internacional

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.