Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Bruno Covas: 'Se bancos quiserem funcionar nos feriados, basta pagar funcionário'

Declaração do prefeito de São Paulo foi resposta à carta enviada por entidades do setor financeiro pedindo que feriados não sejam antecipados

Nicholas Shores, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2020 | 12h34


SÃO PAULO - O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou em entrevista nesta terça-feira à CNN Brasil que, se bancos quiserem manter funcionamento normal durante os feriados municipais antecipados para quarta-feira (20) e quinta-feira (21), "basta pagar seus funcionários por isso".

Foi uma resposta a questionamento sobre a carta enviada por entidades do setor financeiro ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pedindo para serem excetuadas ao projeto de lei que a gestão estadual enviou à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) - e que deve ser aprovado na quinta-feira (21) - para antecipar o feriado da Revolução Constitucionalista de 9 de julho para a próxima segunda-feira (25).

 Ele também disse que o sistema financeiro está "Mal assessorado juridicamente", em referência aos apontamentos na carta de que as antecipações de feriados pelos Executivos municipal e estadual configurariam edição de normas no âmbito do sistema financeiro nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.