Butantã produzirá vacina contra raiva humana

O Instituto Butantã anunciou que, a partir de fevereiro, produzirá em escala industrial uma vacina brasileira contra a raiva humana. O método de produção do novo imunizante dispensa a utilização de soro animal, o que reduz as chances de contaminação. Segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde, os testes em seres humanos mostraram que, na maioria dos pacientes, a nova vacina estimula níveis de anticorpos 30 vezes maiores que os considerados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) necessários para neutralizar o vírus da doença no organismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.