Cai para 26 o número de casos suspeitos de H1N1 no Brasil

O maior número de casos, 9, está no Estado de São Paulo; Rio de janeiro tem 3 pacientes suspeitos

Agência Estado,

06 Maio 2009 | 14h12

O número de casos suspeitos de gripe suína no Brasil caiu para 26, informou o Ministério da Saúde, em nota oficial. Até a noite de terça-feira, 5, os casos suspeitos somavam 28, em todo o País.

 

Veja também

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde  

 

 

De acordo com o novo boletim, os 26 casos suspeitos de Influenza A (H1N1) estão distribuídos nos seguintes Estados: 9 em São Paulo, 3 no Rio de Janeiro, 2 no Distrito Federal, 2 em Goiás, 2 em Santa Catarina, 2 no Tocantins, 1 no Mato Grosso do Sul, 1 em Minas Gerais, 1 na Paraíba, 1 no Paraná, 1 em Pernambuco e 1 em Rondônia.

 

Além desses casos, outros 15 estão em monitoramento, em sete Estados, e 99 já foram descartados. Os novos números referem-se a informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde até as 9h30 desta quarta-feira.

 

Desde a última sexta-feira, o Gabinete Permanente de Emergências do Ministério da Saúde alterou a definição de caso suspeito e em monitoramento para o vírus Influenza A (H1N1), para ampliar a vigilância da circulação do vírus.

 

De acordo com as novas regras, passaram a ser consideradas suspeitas de ter a doença pessoas provenientes de países com confirmação de casos, que apresentem os sintomas da Influenza A (H1N1) ou que tenham tido contato próximo com pessoas infectadas. Estão em monitoramento pessoas que estiverem com sintomas compatíveis com o quadro suspeito da doença e que sejam provenientes de países não afetados.

 

Mundo

 

Também nesta tarde, a Organização Mundial da Saúde (OMS) elevou para 1.658 o número de casos registrados de gripe suína em todo o mundo. De acordo com a instituição, 23 países informaram casos confirmados em laboratório desde o início do surto, duas semanas atrás. O México tem 946 casos confirmados, incluindo 29 mortes.

 

A OMS informou que até agora recebeu apenas a confirmação de uma morte nos Estados Unidos. O México informou que há 42 mortes confirmadas no País, enquanto uma segunda morte foi registrada nos EUA.

 

Os dados da OMS são um pouco menores do que a soma dos números divulgados pelos governos, e que constam do mapa do estadao.com.br, porque o órgão só atualiza suas informações depois de receber confirmação oficial por escrito.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína influenza A(H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.