Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Calendário da Coronavac: veja cronograma da 1ª fase de vacinação contra a covid-19 em SP

Estado pretende vacinar 9 milhões até o fim de março; prioridade será para profissionais de saúde e idosos

Paula Felix, O Estado de S.Paulo

07 de janeiro de 2021 | 13h18

A primeira fase da campanha de vacinação contra a covid-19 no Estado de São Paulo deve atingir 9 milhões de pessoas e terá como foco profissionais de saúde, idosos, indígenas e quilombolas. As primeiras doses serão aplicadas a partir de 25 deste mês e o cronograma terá nove semanas de duração, com fim previsto para 28 de março.

O Plano Estadual de Imunização contra o novo coronavírus vai imunizar a população com duas doses da CoronaVac, vacina desenvolvida em uma parceria entre o Instituto Butantã e a biofarmacêutica Sinovac Biotech. O pedido para aprovação do uso do imunizante será feito à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). No mês passado, a agência fixou prazo de dez dias para avaliar pedidos de uso emergencial de empresas que estão apresentando dados e que estão conduzindo ensaios clínicos no País.

O cronograma foi dividido em cinco etapas para a aplicação das 18 milhões de doses. A vacinação será gratuita. Entre a primeira e a segunda dose, haverá um intervalo de 21 dias. O primeiro grupo a ser vacinado será o de profissionais de saúde, quilombolas e indígenas. Os idosos serão divididos de acordo com a faixa etária: 75 anos ou mais, 70 a 74 anos, 65 a 69 anos e 60 a 64 anos.

Segundo o governo do Estado, a campanha vai ocorrer nos 645 municípios e a meta é ampliar os postos de vacinação de 5,2 mil para 10 mil. A gestão estadual informou ainda que, para evitar aglomerações, "vai propor aos municípios a adoção de normas especiais para vacinação em farmácias, quartéis da Polícia Militar, escolas, terminais de ônibus e postos volantes em sistema drive-thru". A estimativa é de que 54 mil profissionais de saúde e 25 mil agentes de segurança atuem na campanha.

Cronograma de vacinação contra a covid-19 em SP

Primeira dose

25/1

Profissionais da Saúde, indígenas e quilombolas

8/2

Pessoas com 75 anos ou mais

15/2

Pessoas com 70 a 74 anos

22/2

Pessoas com 65 a 69 anos

1/3

Pessoas com 60 a 64 anos

 

Segunda dose (21 dias após a primeira)

15/2

Profissionais da Saúde, indígenas e quilombolas

1/3

Pessoas com 75 anos ou mais

8/3

Pessoas com 70 a 74 anos

15/3

Pessoas com 65 a 69 anos

22/3

Pessoas com 60 a 64 anos

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.