Campanha contra a poliomielite é lançada em três países africanos

A partir desta 6ª, 3 milhões de pessoas serão alvo de combate a casos da doença em adultos

AP

11 Novembro 2010 | 19h53

BRAZZAVILLE - Grupos de ajuda internacional anunciaram nesta quinta-feira, 11, uma campanha de vacinação em massa contra a poliomielite na República Democrática do Congo, no Congo e em Angola.

A medida, que começa nesta sexta-feira, 12, pretende imunizar 3 milhões de pessoas para combater manifestações incomuns da doença, que tem atingido mais adultos que crianças e causado uma centena de mortes nos três países africanos. Mesmo quem já recebeu a dose deverá tomá-la novamente, como reforço.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Rotary Club Internacional informaram que o surto da pólio, altamente infecciosa, começou na República do Congo. Foram registrados 226 casos de paralisia, entre os quais 97 mortes. Em quatro deles, foi confirmado que se tratava do poliovírus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.