Campanha de vacinação contra pólio acontece no sábado

Todas as crianças menores de cinco anos devem ser levadas aos postos de saúde para 1ª dose da gotinha

da Redação, estadao.com.br

13 de junho de 2008 | 17h50

O ministério da Saúde realizará, neste sábado, 14, das 8 às 17 horas, a primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra paralisia infantil, a poliomielite, deste ano. Todas as crianças menores de cinco anos devem ser levadas aos postos de saúde inscritos na campanha para a primeira dose da "vacina da gotinha".  Veja também: Lista de postos da Grande São Paulo Além da vacina Sabin, contra a poliomielite, outras vacinas estarão disponíveis. Assim, é importante levar a caderneta de vacinação para verificação das vacinas atrasadas.  Desta fase da campanha participarão 18,2 mil postos fixos e móveis em São Paulo, com atendimento feito por 52,9 mil profissionais de saúde.  A segunda etapa do processo de imunização será realizada dia 9 de agosto.  Importância da vacinação Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a vacina Sabin é a única maneira eficaz de erradicar a poliomielite. O Estado de São Paulo já não registra casos de paralisia infantil há 20 anos e a vacinação contínua é a única maneira de evitar seu reaparecimento.  A pólio é causada pelo poliovírus selvagem e ocasiona febre, mal-estar e dores de cabeça, podendo levar até à paralisia. A vacina é segura e seus efeitos colaterais são extremamente raros. Mundo A OMS, que tem como meta a erradicação da pólio no mundo, registrou 1.313 casos em 13 países do mundo em 2007. A doença apareceu em um total de 13 países: Afeganistão, Índia, Nigéria e Paquistão (que apresentam uma endemia da doença) e Angola, Camarões, Chad, República Democrática do Congo, Sudão, Mianmar, Nigéria, Somália e Nepal. A ocorrência contínua de casos apresenta risco de reintrodução do vírus no Brasil, importado dos países endêmicos.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdepoliomieliteOMS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.