Campanha de vacinação para grávidas começa em todo o Estado

Imunização será voltada para mulheres entre a 27ª e a 36ª semana de gestação e vai proteger contra difteria, tétano e coqueluche

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

03 Novembro 2014 | 19h54

 Grávidas entre a 26ª e a 37ª semana de gestação começaram a ser vacinadas nesta segunda-feira, 3, contra difteria, tétano e coqueluche em todos os municípios de São Paulo, segundo a Secretaria Estadual da Saúde. As mulheres podem tomar a vacina nas Unidade Básicas de Saúde dos municípios.

A nova vacina, produzida pelo Instituto Butantan, vai fazer parte do calendário do Sistema Único de Saúde (SUS) e, de acordo com a secretaria, também será aplicada em profissionais da saúde que atuam em maternidades e berçários, como pediatras, ginecologistas obstétricos e enfermeiros.

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, a imunização contra a coqueluche foi incluída para diminuir a transmissão para os bebês e protegê-los nos primeiros meses de vida. Outro motivo é que a doença tem alto potencial de levar as crianças à morte, principalmente nos dois primeiros meses de vida.

Em 2014, foram registrados 955 casos de coqueluche e 14 mortes pela doença no Estado de São Paulo, segundo dados do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE). Das mortes, 13 foram de crianças com menos de dois meses de vida. O levantamento é do último balanço do CVE, divulgado em maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.