Campinas descarta hipótese de gripe suína em dois pacientes

Quadro de ambos os pacientes não se encaixavam no critério de casos suspeitos, mas ficaram sob observação

Tatiana Fávaro, de O Estado de S. Paulo,

29 Abril 2009 | 19h09

Médicos do Hospital das Clínicas (HC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) informaram nesta quarta-feira, 29, que está descartada a hipótese de gripe suína em dois pacientes que estavam em observação na unidade hospitalar. O HC notificou a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) da Prefeitura de Campinas sobre os casos nesta terça-feira. O quadro de ambos os pacientes não se encaixavam no critério de casos suspeitos de gripe suína, mas ficaram sob observação para a evolução do quadro clínico. Um dos pacientes teve alta na manhã desta quarta-feira, 29.

 

Veja também:

linkBrasil tem 36 casos em observação; 2 são suspeitos

link SP tem caso suspeito de gripe suína e 9 em observação

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde

 

Um dos pacientes esteve em Orlando (EUA) que, apesar de não ser uma área afetada, o paciente esteve em contato com pessoas do México. O segundo caso é de um paciente que viajou a Cancun (México) entre 21 e 25 de abril.

 

"Um paciente teve quadro de gripe simples, outro, febre leve, mas não eram sintomas compatíveis (com os de gripe suína). Um já teve alta, outro também terá", afirmou o professor e chefe da disciplina de Moléstias Infecciosas Francisco Aoki. O especialista reforçou a importância de médicos ou clínicas, públicos ou particulares, que atendam casos semelhantes, avisarem a Covisa. "É importante registrar esse fluxo", afirmou Aoki.

 

O secretário municipal de Saúde, José Francisco Kerr Saraiva, afirmou que não há motivo para pânico. "Não há nenhum caso registrado da doença no município", disse.

 

Na segunda-feira, técnicos da Covisa tiveram reunião com profissionais da Empresa Brasileira de infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Secretaria de Vigilância do Estado e do setor de saúde de Campinas, para definir estratégias de como proceder com possíveis casos da doença no município. As recomendações de prevenção dadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foram adotadas, sobretudo no Aeroporto Internacional de Viracopos.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.