Jeferson Batista
Jeferson Batista

Campinas inicia vacinação contra covid em profissionais da saúde no Hospital das Clínicas da Unicamp

Cerimônia conta com a presença do governador João Doria 

Jeferson Batista, especial para o Estadão

18 de janeiro de 2021 | 17h19

CAMPINAS - O interior de São Paulo iniciou nesta segunda-feira, 18, a vacinação contra a covid-19. Em Campinas, 15 profissionais de saúde do Hospital das Clínicas da Unicamp são vacinados com a Coronavac durante cerimônia com a presença do governador João Doria.

O carregamento, com quatro mil doses do imunizante, chegou à cidade às 13h20, sob escolta da Polícia Militar. Além de Campinas, hospitais de referência em Botucatu, Ribeirão Preto, Marília e São José do Rio Preto também recebem doses. No total, 60 mil funcionários dessas unidades de saúde receberão a vacina nos próximos meses.

As quatro mil doses recebidas pela Unicamp serão destinadas a dois mil profissionais, que receberão duas aplicações. A técnica em enfermagem Liane Santana Mascarenhas Tinoco, funcionária do HC, ficou no primeiro lugar da fila para tomar a vacina em Campinas: "É um momento de esperança e gratidão. Estou muito emocionada e tenho certeza que vai dar certo. Aceitei esse convite para motivar todas as pessoas". 

Além das pessoas que atuam na área de saúde da universidade, estudantes indígenas serão vacinadas. A aluna de Letras indígena Daniela Rodrigues Andrade, 27 anos, de São Gabriel da Cachoeira (AM), foi uma das pessoas que foram vacinadas contra a covid em Campinas. Ela descobriu hoje que receberia o imunizante. "Pretendo ser um exemplo para minha família e para meu Estado, que está sofrendo muito", afirmou. 

A prefeitura de Campinas não informou quando as vacinas destinadas ao município serão distribuídas nos cinco pontos criados para imunizar a população.  

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.