Campinas registra duas suspeitas de contaminação pela bactéria E.Coli

As pessoas que apresentarem esses sintomas depois de uma viagem internacional, devem procurar assistência médica

Central de Informações,

24 de junho de 2011 | 19h16

A cidade de Campinas, em São Paulo, tem dois casos suspeitos de contaminação da bactéria E.Coli.  De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde da cidade, os dois pacientes voltaram da Europa no dia 11 de junho e apresentaram os primeiros sintomas no último dia 14. As autoridades de saúde aguardam o resultado do exame laboratorial para confirmar ou descartar a suspeita. Os pacientes passam bem e não estão internados.

 

 

A doença causa cólicas abdominais e forte diarréia, muitas vezes com sangue. A transmissão ocorre pelo consumo de alimentos contaminados crus ou mal cozidos. Outra possibilidade é o contágio por via fecal-oral (quando alguém ingere água ou alimentos contaminados por micropartículas de fezes de pessoas infectadas ou quando uma pessoa leva à boca objetos contaminados). É fundamental manter hábitos diários de higiene, como lavar as mãos antes das refeições; depois de usar o banheiro e do contato com animais; e antes de preparar, servir ou tocar os alimentos. As pessoas que apresentarem esses sintomas depois de uma viagem internacional, devem procurar assistência médica.

 

 

O Ministério da Saúde recomenda que pessoas em viagem internacional, principalmente aos países da Europa e aos Estados Unidos, não devem comer alimentos crus, sobretudo vegetais e produtos de origem animal. Não há nenhuma recomendação de restrição de viagem e é importante seguir as orientações das autoridades de saúde do país visitado.

 

 

Situação atual. Até 24 de junho, foram registrados 3.836 casos de infecção pela E.coli, com 45 mortes - de acordo com o escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) na Europa. A Alemanha contabiliza 43 óbitos e concentra 97% das infecções, com 3.717 casos. O restante dos casos ocorreu na Áustria, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Grécia, Holanda, Luxemburgo, Noruega, Polônia, Reino Unido, Suíça e Suécia.

 

Segundo a OMS, a maioria dos casos ocorridos fora da Alemanha, incluindo os dos Estados Unidos, está vinculada a pessoas que estiveram no país europeu, especialmente no Norte, na região da cidade de Hamburgo.

 

 

Cinco recomendações básicas para consumo e preparo de alimentos

1- Consumir apenas água potável e alimentos bem lavados;

2- Manter a limpeza durante o preparo dos alimentos;

3- Separar alimentos crus de cozidos (durante o preparo);

4- Cozinhar completamente os alimentos (acima de 70o C);

5- Manter os alimentos em temperaturas seguras

Mais conteúdo sobre:
E.Coli, Bactéria, Campinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.