Prefeitura de Campinas/Divulgação
Prefeitura de Campinas/Divulgação

Campinas ultrapassa 20 mil casos de coronavírus e pode reabrir comércio

Com o registro de 420 novos doentes, a cidade chegou a 20.166 casos confirmados

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

06 de agosto de 2020 | 20h01

SOROCABA – Maior cidade do interior, com 1,2 milhão de habitantes, Campinas ultrapassou nesta quinta-feira (6) a marca de 20 mil casos de coronavírus. Com o registro de 420 novos doentes, a cidade chegou a 20.166 casos confirmados. Foram confirmados 18 novos óbitos, elevando o total para 778 mortes pela covid-19. Entre as vítimas está um menino de 12 anos portador de doença neurológica crônica.

No mesmo dia em que anunciou em live os números trágicos, o prefeito Jonas Donizette (PSB) disse que a cidade deve progredir da atual fase laranja para a amarela do Plano São Paulo de flexibilização. As novas fases do plano serão anunciadas nesta sexta-feira (7). Segundo o prefeito, os números indicam que a evolução da pandemia está arrefecendo. “Os registros de casos graves estão caindo e a ocupação de leitos de UTI está abaixo dos 70%”, disse. Na região, com 42 municípios, o índice é de 64,9%.

A prefeitura deve anunciar uma ampliação de duas horas no funcionamento do comércio de rua e dos shoppings, de quatro para seis horas diárias, e a retomada do atendimento presencial em bares, lanchonetes, restaurantes, academias e salões de beleza. No caso do comércio, o plano é alternar os horários de funcionamento para reduzir o risco de aglomerações. Campinas é a cidade com os maiores números de coronavírus fora da região metropolitana de São Paulo, sendo seguida por Santos, no litoral, com 15.484 casos e 489 mortes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.