Canadá afirma que há porcos infectados pela gripe no país

Segundo autoridades, vírus teria sido transmitido aos animais por homem que retornou recentemente do Méxio

Efe,

02 de maio de 2009 | 23h10

As autoridades canadenses disseram neste sábado, 2, que uma manada de porcos está infectada com o vírus da gripe suína, o A (H1N1), e que temem que a doença tenha sido transmitida aos animais por um cidadão canadense que retornou recentemente do México.

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

"É muito provável que os porcos tenham sido expostos ao vírus por um canadense que recentemente voltou do México e que esteve mostrando sintomas da gripe", afirmou em comunicado a Agência de Inspeção Alimentar do Canadá (CFIA, na sigla em inglês).

 

O doutor Brian Evans, representante da CFIA, disse durante uma entrevista coletiva que o cidadão canadense retornou do México no dia 12 de abril e que começou a trabalhar na exploração suína dois dias depois.

 

Cerca de 10% dos 2,2 mil porcos da manada mostram sintomas de infecção da gripe suína. A CFIA disse que os porcos, criados na província de Alberta, foram postos em quarentena e que a possibilidade de que os animais transmitam o vírus às pessoas "é remota".

 

Evans também destacou que não há possibilidade de o consumo de produtos suínos infectar as pessoas. As autoridades sanitárias canadenses elevaram neste sábado para 85 o número de pessoas que contraíram o vírus A (H1N1) em todo o país, após a descoberta nas últimas 24 horas de 34 novos casos.

Mais conteúdo sobre:
Gripe SuínaCanadá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.