Canadá cria rede para acelerar produção de vacina contra gripe

O projeto terá um orçamento de 10,8 milhões de dólares canadenses (US$ 9,6 milhões) durante três anos

EFE,

05 Junho 2009 | 19h34

overno canadense anunciou que vai acelerar os trabalhos para lutar contra a gripe suína, com a criação de uma rede de pesquisa concentrada na produção de uma vacina contra o vírus A(H1N1).

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

A ministra da Saúde canadense, Leona Aglukkaq, disse que a rede será formada por 80 cientistas pertencentes a 30 instituições de pesquisa e saúde pública do país.

 

O projeto terá um orçamento de 10,8 milhões de dólares canadenses (US$ 9,6 milhões) durante os próximos três anos.

 

Em comunicado, Aglukkaq disse que "o desenvolvimento e produção de uma vacina efetiva contra a gripe é crucial para responder ao vírus A(H1N1). Esta rede de pesquisa ajudará a garantir que os canadenses tenham uma vacina segura e que pode estar à disposição rapidamente".

 

Os dados mais recentes do governo canadense, divulgados na quarta-feira, mostram que o país tem 1.795 casos confirmados da gripe. Além disso, a morte de três pessoas foi vinculada ao vírus A(H1N1).

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.