Canadá investiga possível segunda morte causada pela gripe

Homem de 44 anos tinha também outra doença; autópsia determinará causa da morte

Efe,

25 Maio 2009 | 23h18

 

As autoridades de saúde canadenses confirmaram nesta segunda-feira, 25, que uma pessoa que morreu no último sábado na cidade de Toronto estava contaminada pela gripe suína, mas disseram não saber ainda se a morte tem relação com a doença.

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde

 

 

O ministro da Saúde da província de Ontário, onde fica Toronto, David Caplan, disse que uma autópsia estava sendo realizada para determinar qual a influência da gripe na morte do paciente.

 

Caso haja a confirmação de que o óbito tenha sido provocado pela doença, seria a segunda morte no Canadá vinculada ao vírus A(H1N1).

 

O Ministério da Saúde de Ontário informou que a pessoa morta no sábado era um homem de 44 anos, morador de Toronto e que tinha "uma condição médica preexistente". A doença foi confirmada um dia após sua morte.

 

A primeira e até agora única vítima da gripe no Canadá morreu em 28 de abril na província de Alberta. As autoridades só informaram sobre o ocorrido no dia 8 de maio.

 

Como em Ontário, as autoridades médicas canadenses se negaram a relacionar inicialmente a morte com a gripe e citaram "condições médicas crônicas preexistentes".

Mais conteúdo sobre:
vírus A(H1N1) gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.