Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Capital confirma mais 2 mortes por febre amarela

No acumulado desde o ano passado, cidade de São Paulo já tem 6 óbitos pela doença

Fabiana Cambricoli, O Estado de S.Paulo

30 Março 2018 | 19h01

SÃO PAULO -  A cidade de São Paulo registrou mais duas mortes por febre amarela e, agora, acumula seis óbitos pela doença desde janeiro do ano passado, segundo boletim divulgado nesta sexta-feira, 30, pela Secretaria Estadual da Saúde. Já o número de casos subiu de 8 para 11 em relação ao último balanço, apresentado na semana passada. 

Os dados referentes ao Estado também mostram avanço da doença. Em todo o território paulista, 401 pessoas já foram infectadas pela doença no período, das quais 148 morreram. 

Mairiporã, na Grande São Paulo, segue sendo a cidade com o maior número de casos: 154, com 42 óbitos. Atibaia (53 casos e 15 mortes) e Nazaré Paulista (21 registros e 9 óbitos) aparecem em seguida.

A secretaria afirma que "segue atuando, em conjunto com os municípios, para identificar pessoas não vacinadas durante a campanha de imunização contra febre amarela realizada em 54 municípios paulistas, definidos com base em critérios epidemiológicos". A campanha atingiu apenas 57,4% do público-alvo.

Somente neste ano, de acordo com a pasta, 7,3 milhões de pessoas foram vacinadas. Em todo o ano passado, outros 7,4 milhões de paulistas foram imunizados.

Mais conteúdo sobre:
febre amarela

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.