REUTERS/Ricardo Moraes
REUTERS/Ricardo Moraes

Casos confirmados de coronavírus no Rio passam de três para oito

Secretaria divulgou dado nesta segunda-feira. Outras 123 pessoas no Estado são monitoradas por suspeitas de infecção

Mariana Durão, O Estado de S.Paulo

09 de março de 2020 | 17h49

RIO - A Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro informou nesta segunda-feira, 9, que já há oito casos de de coronavírus confirmados no Estado. Até este domingo, 8, eram apenas três pacientes com teste positivo para o Covid-19. O Rio tem ainda 123 pessoas com suspeita da doença. O Ministério da Saúde atualizou os dados sobre o novo coronavírus no Brasil: o número de pessoas com suspeita de infecção subiu para 930.

Os novos pacientes são três homens (de 27, 42 e 70 anos) e duas mulheres (de 56 e 61 anos) que residem em Niterói (1) e Rio de Janeiro (4). Todos estão em isolamento domiciliar e apresentam estado de saúde estável. Além deles há uma paciente com coronavírus em Barra Mansa e outras duas na capital.

De acordo com a secretaria, os pacientes retornaram de viagens à Europa, entre os dias 3 e 5 de março,  com passagem por países como Itália, Portugal, Espanha, Suíça, Holanda, Israel, Egito e Grécia, apresentando febre, tosse e mialgia, entre outros sintomas. Quatro deles recorreram à rede de saúde particular e um recebeu atendimento médico domiciliar.

“Reforço que, até o momento, continuamos sem transmissão ativa do vírus no Rio de Janeiro. Os casos confirmados até agora são importados do exterior. Permanecemos no Nível Zero do nosso plano de contingência. Alerto a população para os cuidados para prevenir o contágio, como higienizar as mãos com frequência e evitar levá-las ao rosto”, explica Edmar Santos, secretário de Estado de Saúde.  

O secretário esclarece ainda que técnicos da SES analisam o comportamento do vírus no Hemisfério Sul, como grau de transmissibilidade e letalidade.

Desde janeiro a SES vem se preparando para a chegada do vírus. No dia 27 daquele mês, a secretaria emitiu nota técnica sobre o Novo Coronavírus e, dias depois, apresentou um plano de contingência que define as ações a respeito da doença, alinhado com protocolos do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.