Arquivo/AE
Arquivo/AE

Casos de dengue hemorrágica crescem no Estado de São Paulo

Ribeirão Preto é o município com mais casos da variedade mais severa da doença, com 43 registros

Agência Brasil

08 Abril 2010 | 09h38

O Estado de São Paulo tem contabilizado números cada vez mais altos de dengue e, juntamente com esses casos, crescem também os registros da variedade mais severa, a hemorrágica.

 

Veja também:

linkDengue já matou pelo menos 20 em São Paulo 

linkDF registra aumento de quase 2.000% de casos de dengue em 2010  

 

Ribeirão Preto é o município com mais casos de dengue: 9.294 desde o início do ano. Desse total, 43 foram do registro grave da doença ou apresentaram complicações adicionais. Até o momento foi confirmada uma morte na cidade causada pela doença.

 

Em São José do Rio Preto já são 7.552 casos desde janeiro, dos quais 33 hemorrágicos e 40 com complicações. Na cidade de Araçatuba, 7.834 pessoas tiveram dengue este ano: cinco foram dengue hemorrágica e duas com complicações. Três pessoas morreram.

 

O município de São Vicente já confirmou 2.079 casos de dengue neste ano, cinco resultaram em mortes, sendo que um deles era da variedade hemorrágica.

 

O Estado de São Paulo, juntamente com Minas Gerais e a Região Nordeste, foi colocado sob monitoramento pelo Ministério da Saúde, como área que apresenta crescimento de casos de dengue. Segundo a Secretaria de Saúde estadual, foram registradas 8.076 ocorrências da doença no mês passado,16.869 em fevereiro e 9.337 casos em janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.