Casos de gripe suína no mundo chegam a 20 mil; 117 mortes

Apenas os Estados Unidos confirmaram mil novas infecções, segundo a OMS, que registra o vírus em 66 países

AP e Reuters,

03 Junho 2009 | 14h36

A Arábia Saudita confirmou seu primeiro caso de infecção pelo vírus H1N1, da gripe suína, elevando o total de casos confirmados por autoridades nacionais a 20 mil. A Organização Mundial da Saúde (OMS) contabiliza 19.273 confirmações, mas a contagem da organização só registra os casos depois de comunicados formalmente ao órgão.

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

Apenas os Estados Unidos confirmaram mil novas infecções, de acordo com a OMS, que registra a presença do vírus em 66 países. Além da Arábia Saudita, Luxemburgo, Egito e Nicarágua informaram recentemente seus primeiros casos. A doença é responsável por 117 mortes, a maioria ocorrida no México. A Austrália assistiu a uma elevação abrupta no total de casos confirmados, 204 para 501.

 

 

As autoridades sanitárias americanas dizem que o vírus já está presente em todos os 50 Estados dos EUA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.