Casos de gripe suína passam de 19 para 37 na Argentina

De acordo com o último boletim da OMS, a doença afeta 13.398 pessoas em 48 países, com 95 mortes

AE, Agencia Estado

28 Maio 2009 | 09h31

Brasil confirma décimo caso de gripe suína, no Rio

SÃO PAULO - Em 48 horas, os casos de influenza A (H1N1), a gripe suína, duplicaram na Argentina. O número de casos confirmados passou de 19 para 37, até ontem à noite, segundo o boletim do Ministério de Saúde do país. Os novos contaminados, em grande parte, são alunos de um colégio no bairro portenho de Belgrano, que tiveram algum contato com uma garota infectada que havia viajado para Orlando, nos Estados Unidos. Sete escolas do país suspenderam as aulas até o dia 8 de junho.

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde

A ministra de Saúde, Graciela Ocaña, esclareceu que nenhum dos adolescentes apresentou sintomas muito diferentes de uma gripe normal. Os pacientes estão sob tratamento ambulatorial em seus casas. Ontem o Uruguai confirmou os dois primeiros casos da gripe suína no país, "importados da Argentina", segundo o Ministério de Saúde daquele país. No Chile, o número de infectados subiu de 86 para 168.

 

Na Austrália, o número de casos subiu para 103 e o governo ordenou a compra de 10 milhões de doses de antivirais. "Estamos trabalhando duro para conter o problema", disse a ministra da Saúde australiana, Nicola Roxon. Segundo o último boletim da Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença afeta 13.398 pessoas em 48 países, com 95 mortes.

 

Brasil

 

O Ministério da Saúde confirmou em nota, na tarde de quarta-feira  um décimo caso de contaminação pelo vírus A(H1N1), da gripe suína, no País. de acordo com as autoridades sanitárias, o paciente está em tratamento no Rio de Janeiro,  e passa bem. Dos outros nove casos já confirmados, oito tiveram alta e um permanecem internados.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.