Casos de gripe suína somam 79 no Brasil

O ministério da Saúde também acompanha 96 casos suspeitos em todo o país

Central de Notícias e Efe,

16 Junho 2009 | 17h57

O Ministério da Saúde confirmou 5 novos casos de infecção pelo vírus Influenza A (H1N1): dois em Minas Gerais, dois em Santa Catarina e um no Rio de Janeiro. Os pacientes estão em tratamento e passam bem. Um dos casos de Minas Gerais foi contraído por transmissão autóctone (dentro do território nacional) através de um contato com um paciente procedente do exterior. Os outros quatro são pessoas que estiveram fora do país.

 

Veja também:

link País conclui primeiras sequências genéticas do A (H1N1)

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

Com os novos casos, o total de confirmados no país chega a 79. São Paulo é o estado com o maior número de casos (27), seguido de Santa Catarina (19), Minas Gerais e Rio de Janeiro (com 11 cada um), Tocantins (4), Distrito Federal (3), Mato Grosso (2), Bahia (1) e Rio Grande do Sul (1).

 

O ministério também acompanha 96 casos suspeitos em todo o país. As amostras com secreções respiratórias dos pacientes estão em análise laboratorial. Os casos suspeitos estão nos estados de São Paulo (26), Minas Gerais (17), Santa Catarina (14), Rio de Janeiro (9), Pernambuco (7), Paraná (6), Rio Grande do Sul (3), Espírito Santo (2), Goiás (2), Rio Grande do Norte (2), Rondônia (2), Tocantins (2), Ceará (1), Distrito Federal (1), Mato Grosso do Sul (1) e Paraíba (1). Até o momento 490 casos foram descartados.

 

Vacina

 

A vacina para a gripe suína que está sendo desenvolvido por laboratórios americanos pode ficar pronta para sua distribuição em grande escala já no mês de julho, logo após o encerramento da fase de testes e avaliação do vírus.

 

Em comunicado divulgado nesta terça-feira, 16, a farmacêutica Baxter, autorizada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMEA, em inglês) a produzir um protótipo da vacina, confirmou que terminou os testes e já está começando a produzir a mesma.

 

Uma vez aprovada pela EMEA, a vacina será comercializada com o nome de Celvapan já em julho, segundo as estimativas da Baxter.

 

No início de maio, o laboratório recebeu uma cepa do vírus A(H1N1) procedente do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês) para sua avaliação e pesquisa. Depois disso, a empresa conseguiu a licença da EMEA para comercializar a vacina.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína influenza A (H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.