Causas, sintomas e os tipos de hipertensão

A hipertensão é o aumento da pressão que o sangue provoca nas paredes das artérias ao circular pelo corpo. As causas podem ser ambientais - cigarro e poluição, por exemplo - ou genéticas. Na maioria das vezes, é uma doença sem sintomas. Quando eles aparecem, não são específicos: tontura, dor de cabeça e dormência nos braços e pernas. Os médicos classificam a pressão como normal quando ela é menor que 14 por 9. O primeiro número da medida (14) se refere à pressão sanguínea quando o coração se contrai (sístole). O segundo (9) diz respeito à resistência dos vasos sanguíneos quando o coração está relaxado entre batimentos. Cerca de 10% dos hipertensos podem ser curados. Na maioria das vezes, a causa é um tumor pequeno nas glândulas supra-renais (que produzem noradrenalina) ou entupimento das artérias dos rins. E, em 30% dos casos, a doença pode ser prevenida com atividade física aeróbica regular - que provoca relaxamento dos vasos sanguíneos - e alimentação com pouco sal (no máximo 6 gramas/dia). O sal retém água no organismo, fazendo com que o volume de sangue nas veias aumente e, portanto, fique com mais dificuldade para passar por elas.

Agencia Estado,

12 de abril de 2006 | 10h00

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.